Ibitipoca: Tudo O Que Você Precisa Saber

Ibitipoca era um dos destinos que tava na minha listinha há muito tempo. Sempre via foto da famosa Janela do Céu e queria me teletransportar! Alguns amigos já tinham ido e sempre falavam que valia muito a pena. No carnaval desse ano, resolvi passar meus dias na Vila de Conceição do Ibitipoca, nome oficial, ou Ibiti, para os íntimos.

img_9234

Foram 4 dias de trilha, 3 em Ibiti e 1 em Lima Duarte, cidade mais perto da vila. Apesar de realmente cansativa, recomendo MUITO essa viagem, foi totalmente revigorante e gratificante! Nesse post, te conto tudo sobre como chegar na Vila, onde se hospedar, onde comer e algumas diquinhas.

Como Chegar

img_8400

Eu fui de carro com mais três amigas e com certeza ir de carro é a maneira mais prática e cômoda. Mas dá pra ir de ônibus? Dá! É mais perrengue, mas é uma opção. Saindo do Rio, é preciso ir até Juiz de Fora, de lá seguir até Lima Duarte e, finalmente, pegar um último ônibus para Ibitipoca. O problema é que tem poucos horários, então você tem que se programar pra estar lá na hora certinha.

ola

Indo de carro, a gente pegou a Rio-Petrópolis ótima e sem trânsito (milagre!) e depois a estrada até Lima Duarte. De lá até Ibiti, a estrada é de terra mas eu achei super tranquila. Como passamos o primeiro dia nas cachoeiras de Lima Duarte, só chegamos na Vila à noite e mesmo assim achei de boa o acesso, tudo super sinalizado.

oi

Onde se Hospedar

img_9512
nosso chalé ❤

A Vila é super pequena e tem duas ruas principais no centro, onde se concentram os restaurantes, bares e lojas. Por ali, existem diversos hotéis, pousadas e chalés, mas nós ficamos um pouco afastadas do centrinho, no Chalé Nativo.

img_9382
vista do chalé

Gente, que lugar FOFO! Fomos super bem atendidas, o chalé era uma graça, quentinho, com chuveiro elétrico, lareira, um frigobar enorme e bastante mantinhas e cobertores, já que lá, mesmo no verão, faz um friozinho à noite.

Os donos da pousada são um casal super simpático, a Geni e o Honório, e eles ajudam no que for. Emprestaram secador de cabelo, lanterna para levar nas grutas, deram número de uma pizzaria que fazia entrega, contato do Eduardo que faz serviço de transporte, ligaram a lareira, sempre muito atenciosos.

img_9371

Além disso, quem faz o café da manhã maravilhoso bem mineiro é a própria Geni, e é tudo muito saboroso! Eles têm 5 chalés na propriedade e o lugar é bem tranquilo. Recomendo muito ficar lá, valeu demais. Pagamos 1800 reais num chalé para 4 pessoas por 5 diárias, ou seja, 90 reais por dia por pessoa.

Uma das coisas que eu mais gostei em Minas é o sistema de confiança que funciona lá. Só pagamos o chalé no nosso segundo dia, o táxi a gente só pagava na volta também. Todo mundo confia em todo mundo e se trata bem, achei isso o máximo.

comida
você tem que provar o pão de canela, típico da região

Onde Comer

Ibiti não tem muitas opções de restaurante, mas com certeza o lugar mais famoso é a Pizzaria Serra Nostra. Pedimos duas pizzas grandes para nós 4, uma de Frango e Catupiry e outra chamada Especiale, com tomate, manjericão, hortelã e pimenta biquinho. A de frango estava meio seca, mas a especiale tava maravilhosa, provem essa!

img_9533

Para acompanhar, resolvemos experimentar uma cerveja artesanal local, a Serra do Ibitipoca, de trigo, mas achamos ela um pouco aguada. O jantar saiu 45 reais, comendo bem e bebendo cerva.

img_8610

Um bar famoso na Vila é o IbitiBeer e, logo do lado, fica o Brauhaus, que também oferece diversas cervejas artesanais. Acabou que não conseguimos explorar muito esses bares porque no dia que íamos conhecer melhor o centro, choveu muito e acabou a luz (que só voltou 24 horas depois – sim, isso pode acontecer). Outro bar famoso que ficou pra próxima é o Bar do Firma, que fica mais longinho do centro.

img_8618

Nesse dia da chuva, jantamos em uma hamburgueria que parecia nova, chamada Montanhês Sandwich House. Eles servem hambúrgueres com várias opções de carne e todos podem fazer parte do combo com refri ou suco + batata.

Fui no artesanal e achei bem saboroso. O que eu mais gostei foi o molho caseiro a base de leite com bastante alho ❤ O combo sai por 36 reais e achei ok pro tamanho do sanduíche e da porção de batata.

img_9516

Outro lugar que eu amei foi um restaurante de fondue que abriu no sábado em que chegamos na cidade! Ele fica no Chalé Meu Recanto, no comecinho da cidade, à direita, e tem uma placa enorme dizendo “Fondue”. Fomos na nossa última noite, na 3ª feira, e estava lotado! Quase não conseguimos mesa para o grupo todo.

Acho que como eles começaram a funcionar no sábado, o atendimento ainda estava pegando o jeito e senti que demorou um pouco. Mas todos os garçons eram muito simpáticos e a comida tava simplesmente maravilhosa.

img_9442

Dividimos 2 fondues completos (carne, queijo e chocolate) entre 4 e foi mais do que suficiente. Tava tudo MUITO gostoso, com certeza voltaria. Paguei 72 reais no jantar (cada fondue completo é 120 reais) e bebendo uma água. Foi a refeição mais cara, mas valeu demais.

f
a decoração é linda, com luz de velas e móveis rústicos

Dicas

Como eu disse lá em cima, mesmo no verão faz um friozinho em Ibiti. Vá preparado para enfrentar frio, chuva, vento e partes escorregadias nas trilhas. É bom ter lanterna (no meu caso, os donos da pousada emprestaram). Se você não gosta de sair de casa com o cabelo molhado, é bom levar secador, a voltagem é 110V, igual ao Rio. O clima lá é bem úmido e as coisas demoram a secar. 

img_9222

Outra dica é levar dinheiro em espécie. Se for pagar a pousada na hora, certifique-se antes se eles aceitam cartão. A maioria dos estabelecimentos aceitam, mas você pode passar por alguma situação de queda de energia, que nem eu passei, que cai com o sinal da vila inteira e ter dinheiro vivo nessas horas é muito importante para não passar perrengue. Em relação às trilhas, chegue cedo! O parque tem capacidade pra 800 pessoas em dias comuns e 1200 em feriados e finais de semana, segundo o guardinha da porta. Para garantir sua entrada, chegue por volta das 07h (horário de abertura do parque).

img_8630

Outra coisa importante: não saia do caminho demarcado. Existem mil placas pelo caminho e é fácil ir se guiando. Vá com roupas confortáveis e se programe para estar de volta à portaria do parque antes de escurecer. Sempre leve bastante água e comida, nós fizemos a trilha mais puxada, a Janela do Céu, com 1,5L de água e foi tranquilo.

img_9266

O parque contém 3 circuitos principais: Janela do Céu, Circuito das Águas e Pico do Pião. Reserve pelo menos três dias inteiros para aproveitar o que cada trilha tem a oferecer. Enquanto você sobe as trilhas, não se esqueça de olhar para trás para apreciar a paisagem e todo o caminho que você já percorreu. É incrível 🙂

d

Agora que você já sabe tudo sobre Ibiti, eu vou te contar tudo sobre cada trilha que fizemos. Fica ligado nos próximos posts!

Espero que tenha gostado.

Beijos,

Duda

 

Anúncios

3 comentários sobre “Ibitipoca: Tudo O Que Você Precisa Saber

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s